Logo
17 Janeiro, 2019       LISBOA - MAX. Mostly sunnyº, MIN. 02º

 
D S T Q Q S S
1 2 3 4 5
6 7 8 9 10 11 12
13 14 15 16 17 18 19
20 21 22 23 24 25 26
27 28 29 30 31
PARA MATAR A SAUDADE…
HOME  | Para matar a saudade…
Para matar a saudade...
 
Bordéus, sábado, 11 horas... Saltar para um avião e, em pouco mais de uma hora, aterrar em Lisboa, reencontrar os meus amigos de sempre e matar a saudade… Por um dia ou para sempre, é a mesma emoção que me aperta quando, da janela, se desenham os primeiros contornos da cidade. De todas as terras onde pousei as malas, Lisboa é a única que tem em si a inefável alquimia da luz, da doçura e da autenticidade. Lisboa não se explica. Lisboa vive-se, respira-se, sente-se. Deambular ao sabor da vontade pelas ruas banhadas de luz, vislumbrar em cada esquina, e a jusante, as velas brancas dos barcos rasgando o Tejo, agarrar-se ao eléctrico para mudar de colina, trincar as castanhas assadas que os vendendores ambulantes oferecem na rua, a cada esquina, tomar uma bica sobre o zinco dum bar, saborear um peixe grelhado na praia não longe da cidade, basta isso para reconstituir peça a peça o puzzle de 7 anos da minha vida, passados neste canto do mundo que soube deter o tempo.
Lisboa, domingo, 17 horas, subir para o avião e regressar a Bordéus, a cabeça nas nuvens. Terão bastado um pouco mais de 12 horas para encantar este princípio de Outono.
 
Anne Petit, Avocat en droit international, Ernst&Young Bordeaux



  
nos últimos 3 anos, enquanto cidade turística, Lisboa:
melhorou
estagnou
regrediu
© 2007  LIVINGINLISBON.COM  - Todos os direitos Reservados