Logo
25 Maio, 2018       LISBOA - MAX. More clouds than sun, a couple of showers and a thunderstormº, MIN. 16º

 
D S T Q Q S S
1 2 3 4 5
6 7 8 9 10 11 12
13 14 15 16 17 18 19
20 21 22 23 24 25 26
27 28 29 30 31
Dossiers  |  Arrendar um apartamento ou uma casa em Lisboa
Arrendar um apartamento ou uma casa em Lisboa
cedriclecler@icloud.com/+351919703043
Arrendar um apartamento ou uma casa em Lisboa

 

Arrendar uma casa em Lisboa 

 

Uma das primeiras preocupações quando nos instalamos numa cidade é, claramente encontrar alojamento. Na maior parte dos casos, procuramos um apartamento ou uma casa em regime de arrendamento porque é sempre complicado comprar um bem numa cidade e num país que ainda não conhecemos.

Lisboa é uma cidade cara, em termos de arrendamento, tendo em conta o nível de vida do país. Isto, deve-se sobretudo ao facto de que a oferta não corresponde à procura. Assim e mesmo que a situação melhore, o perímetro em que as infraestruturas e condições de habitabilidade são excelentes, vai continuar a ser relativamente restrito.

Os Arrendamentos mantiveram-se durante muito tempo com valores baixos, devido à legislação em vigor, o que provocou uma forte degradação dos bens arrendados porque os proprietários preferiram deixá-los vazios a ocupá-los em circunstâncias pouco vantajosas.

A Nova Lei do Arrendamento Urbano, veio alterar as condições e hoje encontramos casas e apartamentos para arrendar, muito mais facilmente do que hà 5 ou 10 anos.

 


Lisboa Bairro a Bairro

Bairro da Lapa: O Bairro chic de Lisboa , mas não estejam à espera de encontrar grandes avenidas com frondosas e velhas árvores ou apartamentos imponentes. Lapa é como todos os bairros de Lisboa, um lugar onde coexistem o melhor e o pior. Os apartamentos são normalmente concebidos com vista para o Tejo e garagem, por vezes com jardim. Também se conseguem encontrar algumas casas. Trata-se de um bairro de prestígio e como tal, caro. A vida de bairro não é o ponto forte da Lapa, e isso é importante saber.

Bairros das Amoreiras, Estrela, Rato, Príncipe Real, situados no centro da cidade, são muito agradáveis para se viver. Têm bons apartamentos mas raramente se encontram casas. Os terraços existem mas são raros. Encontra-se uma verdadeira vida de bairro à volta do Jardim do Príncipe Real onde se instala no sábado de manhã um mercado de produtos biológicos. Na Estrela, a mesma sensação de vida de aldeia, até mesmo no Jardim que é magnífico com numerosas espécies botãnicas. São bairros muito procurados e consequentemente caros.

Bairros Chiado / Bairro Alto: Bairros históricos da cidade muito animados tanto de dia como de noite, encontram-se apartamentos com preços correctos mas pequenos e geralmente sem estacionamento no Bairro Alto. É necessário abstrair-se do barulho e gostar do ambiente.

Para o Chiado mesmo ao lado, aumentamos a qualidade e o preço. Existem muito bons apartamentos neste bairro chic da capital. A razão deve-se principalmente ao incêndio de 1988 que destruiu bastantes edifícios e que permitiu a reconstrução de um certo número de habitações segundo as normas actuais conservando as fachadas antigas (aquelas que resistiram, claro). Passear-se na rua Garret num sábado de manhã é um verdadeiro prazer. Turistas e as gentes do bairro misturam-se sentados nas esplanadas dos cafés a bebericarem uma bica (o café lisboeta) link com o artigo a bica. Algumas lojas chiques (Hermès) completam o quadro.

No bairro de Campo de Ourique, encontramos igualmente apartamentos de standing alto, mas geralmente mais pequenos. Há uma verdadeira vida de bairro muito agradável com inúmeras lojas pequenas. Existe aqui um dos melhores mercados da cidades e funciona todos os dias. Convém saber, no entanto que está situado por baixo de um dos corredores de chegada de aviões ao aeroporto de Lisboa. Habituamo-nos a isso, mas este dossier não estaria completo, se o não referissemos.

Alfama, Castelo, Graça: Os bairros mais antigos da Lisboa são cruzados por ruas muito estreitas e depressa mergulhamos no Portugal mais típico. Bairros modestos mas com vida própria e autenticos, onde se podem encontrar algumas pepitas, quero dizer, apartamentos com vista para o Tejo num largo com um charme incrível! Se a pepita, ainda por cima tiver garagem e acesso fácil ao rio...... Parabéns, voçê está cheio de sorte! Os preços das rendas nestes bairros são geralmente mais abordáveis.

Bairro das embaixadas: (Alcantara / Lapa ocidental) bairro residencial onde se encontram bons e grandes apartamentos. Por outro lado, pouca vida de bairro e poucas lojinhas para se fazerem compras ao final do dia, quando se regressa tarde a casa. Podemo-nos sentir um pouco fora do centro. Atenção ao barulho da ponte 25 de Abril quando o vento sopra de oeste e sudoeste em certas zonas do bairro.

Restelo, bairro igualmente residencial, datando dos anos sessenta está um pouco mais afastado do centro para oeste. Aqui a probabilidade de se encontrar uma casa com jardim e piscina, é maior. Muitos diplomatas e estrangeiros partilham algumas casas arrendadas neste belo bairro. Também se encontram bons apartamentos com vista sobre o Tejo. No Restelo já nos sentimos um pouco fora de Lisboa, as avenidas são mais largas e as vistas desafogadas. À entrada do bairro, junto ao rio encontramos o Mosteiro dos Jerónimos, o Centro Cultural de Belém, e numerosos pequenos restaurantes simpáticos. Ia-me esquecendo da Fábrica dos Pastéis de Belém, os famosos pastéis de Lisboa. (ver dossier sobre 2/3 dias de descobertas em Lisboa )

A Expo, bairro moderno e residencial datando de 1997, situado a oriente do centro da cidade à beira rio, oferece uma vasta escolha de apartamentos muito funcionais com terraços e vista sobre o Tejo. A Expo é como uma cidade moderna que tomou forma depois da Exposição de 1998. e pode-se dizer que é um sucesso pois não é uma cidade dormitório: Tudo foi feito para conforto dos seus habitantes e as infraestruturas são modernas e completas. É verdadeiramente agradável passear-se á beira rio em patins, BTT ou a pé ao longo do cais bem desenhado. Claro que há pessoas que gostam e outras que detestam mas este bairro não deixa ninguém indiferente.

Os outros bairros de Lisboa: Entre os bairros menos procurados mas onde se podem encontrar apartamentos interessantes e ver casas a preços razoáveis, podemos citar São Sebastião, Arco do Cego, Saldanha, Estefânia, assim como o Campo Pequeno até ao Campo Grande e também a Avenida de Roma .

Finalmente, os bairros da Baixa e Avenida da Liberdade são infelizmente e sobretudo bairros de escritórios e lojas havendo por isso muito pouca oferta nesta zona de Lisboa.

Litoral Lisboa-Cascais

Cascais é uma estação balnear, situada a 30Kms de Lisboa. Há uma grande procura de apartamentos e casas ao longo do litoral: Paço de Arcos, Carcavelos, Estoril, etc... Por outro lado, se tiver obrigações profissionais em lisboa ou crianças em escolas na capital, é bom saber que a auto-estrada A5 Cascais -Lisboa está normalmente engarrafada de manhã.

 


2. O preço das rendas

O preço das rendas depende da situação geográfica do prédio em Lisboa, os bairros como a Lapa, Restelo, Príncipe Real, Chiado sendo os mais procurados são por isso os mais caros.

O que encontramos normalmente num apartamento:

Grandes espaços, sobretudo se estiver habituado a Paris ou Londres. Os apartamentos são geralmente bastante espaçosos.

A cozinha está muitas vezes equipada com electrodomésticos de gama alta.

Encontram-se belos apartamentos antigos sem elevador.

Existem outros critérios que farão subir os preços, tais como:

Um apartamento com terraço ou jardim

É muito raro encontrarem-se jardins ou terraços em Lisboa. Relativamente aos jardins consegue-se compreender, mas quanto aos terraços não é assim tão evidente. Trata-se de um aspecto cultural específico de Lisboa: preferem-se varandas fechadas ou sacadas em vez de terraços.

Um ou dois lugares de estacionamento:

Previlégio raro em lisboa, um prédio é imediatamente valorizado quando tem lugares de estacionamento. É necessário contar com 150 e 200 euros para alugar uma garagem em Lisboa. No entanto depende muito do bairro e há sítios onde é bastante fácil encontrar lugar para estacionar na rua. Pode ser que não valha a pena perder uma boa oportunidade só porque o apartamento não tem um lugar de garagem.

Aquecimento central:

Pode ser difícil de acreditar para um europeu mas em Lisboa, o aquecimento central é raro nos apartamentos antigos e mesmo em alguns recentes ou restaurados. Dir-se-á que não faz frio em Lisboa, talvez, mas pode ser muito húmido. Será por isso necessário prever os aquecedores que poderão ser fornecidos pelos proprietários ( ou negociados) . A questão depende da orientação do apartamento, das suas dimenções e da altura dos tectos...

Uma casa ou um apartamento T4

As casas com jardim encontram-se essencialmente no bairro do Restelo ou perto do aeroporto. Muito raramente se encontram no centro da cidade. No restelo as casas são amplas, com belos jardins e por vezes piscinas. Não são fáceis de se encontrar e é necessário contar com um orçamento por volta dos 4000 euros para ter acesso à felicidade. Poderão propor-vos casas mais pequenas, menos privadas certamente, por vezes sem garagem por uma renda entre os 2500 e os 3000 euros.

No que se refere aos apartamentos a oferta existe desde que não se ultrapassem os 3 quartos de dormir (denominam-se T3). A partir de 4 quartos a oferta diminui, sobretudo se se pretender que sejam amplos. Será necessário contar com uma renda com valores entre os 3000 e os 4000 euros, dependendo do bairro e dos outros critérios já referidos.

Alguns exemplos de rendas (Julho2007): T2 na Lapa totalmente equipado de novo + garagem, 1700 euros – ver rubrica de anúncios para arrendamento no site.

T4 nas Amoreiras com garagem: entre 2500 e 3000 euros

T2 em Campolide com garagem: 1100 e 1300 euros

Etc…

 

3. A procura de um bem imobiliário

Pour vos recherches de logement au Portugal, vous pouvez consultez vos sites préférés comme le nôtre dans la rubriques annonces logement où vous trouverez les petites annonces de particuliers et des agences partenaires du site.

Vous pouvez également consulter des sites d’agences immobilières qui proposent des biens à louer (attention ce n’est parfois pas vraiment à jour), consulter les journaux comme l’Expresso version papier et internet, ou vous adresser directement aux agences spécialisées dans la location. Voir la rubrique agences immobilières.

Para procurarem alojamento em Portugal, podem consultar os vossos sites favoritos como o nosso na rubrica dos anúncios de alojamento onde encontrarão pequenos anúncios de particulares e de agências parceiras do site.

Poderão igualmente consultar os sites de agências imobiliárias mas atenção que por vezes não têm os dados actualizados, consultem os jornais como o Expresso, versão papel e internet, ou dirijam-se às agências especializadas em aluguer.Ver a rubrica agências imobiliárias.


Também podem colocar um anúncio no site do Expresso. Serão contactados por agências ou por particulares.

Existem também em Portugal sociedades de relocation que vos podem ajudar em todos os processos administrativos inclusivé a procura de alojamento. Ver rubrica relocation

Levando em conta as dificuldades inerentes ao desconhecimento do meio, aconselhamos que passem por uma agência que organizará as visitas em função dos critérios que definirem em conjunto. Saibam que em Portugal os honorários são pagos pelo proprietário, o que é uma outra boa razão para utilizar os serviços de uma ou mais agências.

Atenção: os bens para alugar sendo raros significa que existem poucos em simultâneo no mercado. Aconselhamos celeridade nas decisões sob pena de deixarem escapar o que mais vos possa interessar.

Pela mesma razão, não organizem visitas com grande antecedência sobre a vossa data de chegada ( a não ser que estejam dispostos a pagar um ou dois meses a mais de renda) porque quando voltarem para se decidirem, o mais provável é não encontrarem a mesma situação.

Ainda e pelas mesmas razões, devem prestar atenção para não visitarem duas vezes os mesmos apartamentos se utilizarem os serviços de várias agências.Há fortes probabilidades de que possa acontecer, sobretudo se as características procuradas forem muito específicas, como por exemplo; casa com jardim na Lapa. Por isso convém conferir bem os dados antes de perderem tempo. Disponham de 3 dias no mínimo, para terem uma boa ideia do mercado e escolherem com tempo suficiente.

Se passarem por uma agência imobiliária séria, o trabalho de pré-selecção dos apartamentos ou casas será feito cuidadosamente. Se visitarem sózinhos, convém verificarem os pontos seguintes que consideramos essênciais:

Exposição solar
Cozinha equipada / não equipada
Estado dos soalhos
Indícios de humidade no chão e nos tectos (especialmente se se tratar do último andar)
Canalização
Caixilharia ( recomenda-se a existência de vidros duplos)
Electricidade, gáz
Estado das casa de banho
Elevador
Garagem
Meios de transporte
…/…

Lembramos que um T2 significa dois quartos (mais sala, mais cozinha etc...)

O preço da renda pode ser negociado. Também se podem negociar os obras contra o valor da renda, etc... é um assunto para se ver caso a caso. Por vezes a renda pedida é a correcta e nesse caso se o apartamento vos agrada, o melhor é avançar!

Não hesitem em nos contactar se se sentirem perdidos! info@livinginlisbon.com

 

4. Os aspectos legais

Todo o arrendamento para ser válido tem que ser realizado através de um contrato segundo as regras estabelecidas. A Lei alterou recentemente os contratos de arrendamento.

Geralmente o proprietário utiliza um contrato tipo. No entanto é necessário confirmar se está redigido segundo a nova lei.

Resumindo, o contrato faz-se em papel com três exemplares que para ser correcto, deverá ser apresentado à administração fiscal portuguesa (é da responsabilidade do proprietário) para ser registado e válido.

O contrato deve precisar:

O objecto de arrendamento
A identidade do Proprietário
A identidade do Arrendatário
A duração do arrendamento (data de início e fim) e o preço da renda
As modalidades reconciliação do contrato relativo às duas partes
As modalidades de pagamento
Os encargos incluídos e excluídos no arrendamento
Os direitos de visita do proprietário
O estado do bem no momento do arrendamento(pode-se anexar um inventário)

A propósito inventário, é necessário saber que não é uma prática comum em Portugal. Os riscos equilibram-se porque ninguém pode provar que os danos já existiam antes da chegada.

Quando os defeitos são flagrantes aconselhamos a fazer um inventário. Se passarem por uma agência perguntem-lhes a opinião.

No que diz respeito às condições de pagamento, a lei prevê que no momento de entrada (contra a entrega das chaves), o Arrendatário deve pagar o primeiro mês, o segundo mês, assim como um mês de caução. Deste modo, ele paga sempre a renda com um mês de avanço. O mês de causão é-lhe devolvido no fim do contrato, feita a dedução dos eventuais desgastes causados pelo Arrendatário e sobretudo as facturas de gáz, electricidade e água do último mês ou dos dois últimos meses , dependendo do modo de facturação . Os encargos com a agência ou intermediário, os impostos locais e as despesas de condominio são normalmente da responsabilidade do proprietário, salvo indicação contrária claramente estipulada no contrato.

O proprietário deve dar um recibo contra o pagamento.

Alguns proprietários desejam um Fiador, pessoa física ou moral que se responsabiliza solidáriamente pelo bom pagamento das rendas.

Os contratos de arrendamento têm uma duração de 5 anos com um pré-aviso por parte do arrendatário de 4 meses em caso de partida. É necessário ficar pelo menos 6 meses, ou seja 10 meses no mínimo.

Para os contratos diferentes, recomendamos a ajuda de um advogado (ver rubrica advogados)

Uma das nossas agências associadas propõe o download de um contrato tipo através do nosso site da internet.

 

5. Antes de entrar no alojamento:

Não se esqueçam de reiniciar os contratos dos contadores de água, electricidade e de gáz .

Alguns proprietários desejam manter os contadores nos seus nomes, não vejam nisso alguma má intenção, é para não terem de os alterar cada 2 ou 3 anos. Podem propor fazê-lo às vossas custas. Devem reactivar os contadores se não estiverem em funcionamento.

O seguro obrigatório do proprietário não cobre o recheio do apartamento, devem por isso tomar um seguro nesse sentido. (link dossier «seguros»)

Muito bem! Estão instalados!

Se este dossier vos agradou ou se pretenderem apresentar alguma sugestão, não hesitem em dar a vossa opinião sobre o site. Obrigado.

Ver igualmente o nosso dossier: Comprar um apartamento ou uma casa em Lisboa
 


  
Na sua opinião, as rendas de casa em Lisboa são...
muito caras
caras
razoáveis
baratas
© 2007  LIVINGINLISBON.COM  - Todos os direitos Reservados